segunda-feira, 20 de maio de 2013

Vicência

Vicência fica a cerca de 83 km do Recife, e, leva-se, em média 1 hora e meia para se chegar lá.
Conhecida como Terra dos Engenhos e do Vôo Livre, a cidade se orgulha de ser a terra natal do Ex-Governador Jarbas Vasconcelos, que a tornou conhecida turisticamente para todo o estado.
Rodovia PE-074; Entrada da cidade e passarela sobre a rodovia.
A cidade nos pareceu tranquila. Tem muitas casas e o centro, onde fica a Igreja não é muito grande. Há muitos imóveis com a fachada preservada.
Aproveitamos para almoçar por lá mesmo. Depois de passar por algumas ruas, paramos no Bar do Geraldo, onde pedimos um misto de Galeto, Maminha e Linguiça. Atendimento, comida e preço de ótima qualidade! Fica na Av. Estefania Carneiro da Cunha, 302 - Centro.
Fazenda na PE-073 e ruas de Vicência.
Como nas demais cidades da Zona da Mata pernambucana, Vicência tem muitas ruas estreitas, mas, as principais são mais largas como a Av. Estefania Carneiro da Cunha (avenida com postes no centro na imagem acima).
Praça Vicência Barbosa de Melo; Casario e Igreja Matriz de Nossa Sra. de Sant'Anna.
Chegando ao Centro Histórico da cidade, passamos pela Biblioteca Municipal Estefânia Carneiro da Cunha, Pela Praça e pela imagem em homenagem a Vicência Barbosa de Melo, pelo Mercado Regional de Arte, pelo casario antigo e pela Igreja Matriz de Nossa Senhora de Sant'Anna.
Praça, Mercado Regional de Arte; Biblioteca Municipal; Placa em Homenagem a D. Vicência.
Ao lado da Igreja Matriz seguimos pelas ruas que dão acesso ao caminho para a Serra da Mascarenha onde é praticado Vôo Livre na região. Segundo apuramos é uma das melhores rampas para o esporte do Brasil.
Casa onde nasceu Jarbas Vasconcelos na rua.

Logo ao lado da Igreja Matriz passamos por uma casa, de nº 2, com uma placa na parede. Para nossa surpresa, tratava-se da casa onde nasceu o Deputado Federal Jarbas Vasconcelos que, durante seu mandado de Governador, tratou de colocar Vicência nos roteiros turísticos do estado.
Sede do Maracatu Leão da Serra; Caminho e vista para a Serra da Mascarenha (Vôo Livre).
No caminho para os Engenhos e a Rampa de Vôo Livre, passamos pela sede do Maracatu Leão da Serra. Voltamos desse ponto. Deixamos para conhecer os demais atrativos de Vicência em uma próxima viagem.
Distrito de Murupe

 Em nossa segunda passagem pelo Município de Vicência, passamos pelo seu Distrito mais antigo, Murupe. Antigamente, antes de 1943, era chamado de Sapé e já existia na década de 20 do século passado.
Até o momento, não encontramos nada sobre a História do lugar, mas pelas fachadas das residências antigas que ainda estão conservadas, a rua principal deve existir desde o início do Século XX. Destacamos o belo casarão verde da foto acima que possui um terraço lateral, coisa de família abastada na época de sua construção.
Fizemos o acesso pela PE-074, mas por ser o lugar alto e a ladeira ,de certo modo, íngreme, ficamos imaginando a dificuldade de se chegar no centro do povoado na época de seu nascimento, uma vez que as estradas eram de terra e até mesmo os veículos da época teriam muita dificuldade de subir. Talvez o acesso fosse realizado por outro caminho.
Na rua principal se encontram residências, um pequeno comércio e uma charmosa capela em homenagem a São José.

Capela de São Joaquim - Usina Laranjeiras

 Nas terras da Usina Laranjeiras, próximo à PE-074, entre Vicência e Murupe, encontramos a Capela de São Joaquim.
Para chegar até ela, atravessamos a vila da Usina e logo após paramos o carro e andamos por meio de um jardim lateral à Capela.
O monumento se encontra bem conservado e o seu entorno também. As pessoas da vila informam como chegar até o local. A beleza e a conservação valem a visita e algumas fotos também!

Mapa de Vicência do Blog Djalma Lopes
São poucas as cidades que disponibilizam mapas, turísticos ou não, seja em sites das Prefeituras, seja em pontos turísticos locais. Por sorte, encontramos esse mapa no Blog do Djalma Lopes, que parece ter sido elaborado pela própria Prefeitura Municipal.
Aproveitamos e sinalizamos alguns pontos Turísticos importantes e que valem à pena visitar, embora nós mesmos ainda não tenhamos visitado os Engenhos locais.
Bandeira e Brasão do Município de Vicência
História da Cidade:

"O povoamento de Vicência começou com a construção de uma capela próxima à residência da proprietária Vicência Barbosa de Melo. 
Por força da Lei Provincial 1.448, de 5 de junho de 1879 a povoação foi elevada à categoria de Freguesia. 
O Decreto Estadual 142, de 30 de maio de 1891, circunscreveu os distritos de paz de Vicência, Angélicas e Aliança e os elevou à condição de vila, sob a denominação de Vicência. 
Em 15 de junho de 1891 a Intendência de Vicência enviou Ofício ao governador do Estado de Pernambuco informando haver sido instalado o município nessa data. 
A Lei Estadual número 72, de 16 de maio de 1895, tornou sem efeito o Decreto de 30 de maio de 1891. 
Em 11 de setembro de 1928 a localidade foi elevada à categoria de cidade, através da Lei Estadual 1931. Ficou constituído o município de Vicência com os distritos de Vicência e Angélicas, desmembrado do município de Nazaré. Sua emancipação ficou determinada, na mesma Lei, em seu artigo 15, parágrafo único, para o dia 1 de janeiro de 1929. 
Seu primeiro prefeito foi o negociante local Júlio Moura, tendo como Secretário Raul Verissimo Camelo de Almeida, jovem datilógrafo da cidade de Paudalho, convidado para o cargo, por indicação do professor Jorge Camello Pessoa, de Lagoa do Carro, então distrito do município de Nazaré que naquela data passava para o também recém-criado município de Floresta dos Leões, atualmente Carpina."

Fonte: Prefeitura de Vicência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário