sábado, 8 de agosto de 2020

Caruaru

Caruaru é a maior cidade do interior de Pernambuco. Localizada na Região Agreste, mais precisamente, no "Vale do Ipojuca", é conhecida como a Princesa do Agreste e a Capital do Forró (título que disputa com Campina Grande, na Paraíba.
A cidade fica cerca de 140 km do Recife. Mais ou menos duas horas de viagem de carro, através da BR-232.
Aos poucos, vamos incluindo os atrativos da cidade, mas já começamos por um dos lugares mais visitados, o Alto do Moura!
Alto do Moura

Casa Museu de Mestre Vitalino - Alto do Moura
A História da Arte de Caruaru, se inicia nos anos 40 do século XX, através do ceramista Vitalino Pereira dos Santos, o Mestre Vitalino, que se tornou o mais ilustre filho da cidade. A importância de suas criações de arte em barro, que foi perpetuada pelos seus filhos e discípulos, através das gerações, levou a Vila, hoje bairro do Alto do Moura a ser reconhecido como o maior centro de Arte Figurativa da América Latina, título concedido pela UNESCO.

Símbolos:


A Bandeira tem três listras horizontais, sendo que a de baixo, de cor verde-esmeralda, ocupa a maior parte desta e representa o agradecimento à fertilidade da terra, enquanto o branco é uma celebração à paz e o vermelho, que ocupa a parte superior, simboliza a coragem do seu povo.
O Brasão, que também ocupa a parte central da bandeira, possui um triângulo em azul representando a lealdade do povo, com o sol significando majestade, abundância e riqueza da terra. A faixa em amarelo fala da nobreza com uma cruz em vermelho, símbolo da fé cristã. Abaixo, o triângulo em vermelho, cor da coragem e destemor, traz um ramo de avelozes, em homenagem ao fundador José Rodrigues de Jesus. Em cima, uma coroa de fortalezas lembra as lutas pelo progresso e soberania da cidade que lhe renderam a fama de “Princesa do Agreste”.

História:

"A cidade de Caruaru começou a tomar forma em 1681, quando o governador Aires de Souza de Castro, concedeu à família Rodrigues de Sá uma sesmaria (concessão de terras com o intuito de desenvolver a agricultura e a criação de gado) com 30 léguas de extensão (aproximadamente 12 hectares), denominada Fazenda Caruru.
Mas, apenas em 1776, José Rodrigues de Jesus decidiu voltar para a fazenda do pai, que havia passado alguns anos abandonada. Pouco tempo após a morte do patriarca, a fazenda ganhava uma capela, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, que foi acolhendo um pequeno povoado ao seu redor.Caruaru tornou-se cidade, uma das primeiras do Agreste pernambucano, pelo projeto nº 20, do deputado provincial Francisco de Paula Baptista, defendido em primeira discussão em 03 de abril de 1857,depois de aprovação sem debate, em 18 de maio do mesmo ano, com a assinatura da Lei Provincial nº 416, pelo vice-presidente da província de Pernambuco, Joaquim Pires Machado Portela."
Fonte: Prefeitura Municipal